Quem escreve

Quem escreve
Júlia Evelyn. Soteropolitana. Envol(vida) com o que me dá vida. Me encontro em viagens, moda, arte e beleza. Onde também me permito me perder.

Acessos

Instagram:

Principais temas

E-mail

juliamodelodemodelo@outlook.com
Tecnologia do Blogger.

Meus pupilos

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Adoro trilhar e dessa vez foi com os Andarilhos da Chapada.

Começamos atravessando o Rio Mucugezinho (foto 1) de carro e do estacionamento seguimos à pé. Antes o guia deixa claro que não é permitido nudismo, fumo, som, pesca, caça, bebidas alcoólicas, nem animais domésticos. 

Foto 2- Esse é o Rio Espalhado, a junção de três outros rios: Riachão, Jiboia e Mucugezinho. Logo mais, o próprio Espalhado irá formar a Cachoeira do Buracão. 

Foto 3 é a Cachoeira do Buraquinho e em seguida os belos cactos que encontrei no caminho.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão
Foto 1

Ibicoara - Cachoeira do Buracão
Foto 2

Ibicoara - Cachoeira do Buracão
Foto 3
Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Na foto seguinte, a Cachoeira das Orquídeas, que tem 2 partes e é uma delícia para banho na parte de cima.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Logo mais, uma escada no estilo Santos Dumont, onde você pisa com um pé de cada vez.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Descendo mais alguns degraus, nos deparamos com a linda Cachoeira Recanto Verde!

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Bem pertinho, ficam os cânions que levam a Cachoeira do Buracão.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

É lá no final do cânion onde está a cachoeira. Temos que nadar/flutuar (obrigatoriamente com colete) contra a corrente para contemplar os 85 m de queda d'água. É tão forte que respinga em quem está no cânion, impedindo de tirar foto. É arrebatador!!! Incrível! Todo mundo precisa visitar (apesar do cansaço) uma vez na vida.

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Vocês já conhecem a Chapada Diamantina? O que não falta por lá é lugar bonito pra conhecer. Aqui no blog já tem alguns registros de lugares que visitei por lá. Caso queiram olhar, basta clicar no nome: Capão 1, Um pouco mais do CapãoLençóis e Pratinha

De Salvador pra Mucugê levei entre 8h e 9h de viagem. Puxado, porém, vale a pena. Chegando no fim de tarde ainda deu para conhecer...

1. A praça dos garimpeiros

City Tour por Mucugê

2. O museu e arquivo público

City Tour por Mucugê

3. A praça principal onde tem as casinhas e estabelecimentos bem padrão, cada um com uma cor

City Tour por Mucugê

4. O cemitério Santa Isabel, também conhecido como Bizantino (por esse ser seu estilo)

City Tour por Mucugê

E PARA DESCANSAR, ONDE SE HOSPEDAR?

City Tour por Mucugê

Eu fiquei na Hospedaria Casa da Lia, bem confortável, quentinho e ao lado do Cidade Sol, que é a empresa de ônibus que me levou. Já que os ônibus deles saem de Mucugê pra Salvador todos os dias às 4h30 da manhã, ficou bem acessível.

City Tour por Mucugê

Amo tudo o que é simples e afetuoso e foi assim. Lia me acolheu, preparou meu quarto, meu café da manhã e até jantar me ofereceu... Fiquei encantada. Então, se forem pra Mucugê, já sabem! Procurem ela.

NO DIA SEGUINTE...
QUAL A TRILHA MAIS PRÓXIMA?

City Tour por Mucugê

Pelo menos me orientaram que, saindo da cidade, indo a pé, essa era a mais próxima. A do museu do garimpo, que antes era a casa do diamante. Turista/visitante paga 10,00 para conhecer e nativo não paga nada.

Logo após você pega a estrada e segue para o Parque municipal de Mucugê, onde tem o Projeto Sempre viva, que cobra 20,00 para visitantes e também isenta a entrada de nativos. Não vi nada de interessante por lá!

Há 3 minutos de lá tem a Cachoeira da Piabinha que chamaram de sem graça e disseram que eu não iria gostar, mas que, para a surpresa de todos foi a minha preferida!!! Ela tem 2 ambientes...

City Tour por Mucugê
1
City Tour por Mucugê
2

A água é quente, quase não tinham pessoas mergulhando e eu amei tanto a primeira quanto a segunda vista! Saindo de lá tem a cachoeira do Tiburtino, de água hiper gelada e com muitas pessoas. 

City Tour por Mucugê

Ainda tem outras cachoeiras que fiz e que vou contar pra vocês!!! Até a próxima, seguiMores!

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Meus viajantes lindos,
Hoje vamos conhecer Barra Grande, Ponta de Mutá, Taipú de Fora e Jorge Leite. Tudo numa postagem só, estão preparados?

Primeiro gostaria de agradecer a Mariana Padilha e família a receptividade e o carinho. Foram poucos e bons dias!

Começo saindo de Salvador para o ferry boat, de lá para Camamu e de Camamu para Barra Grande. Caminhando um pouco já dá em ponta de mutá, onde a primeira foto foi tirada.

Península de Maraú - Bahia

Esperando mais alguns minutos, o sol desce e a câmera se vira para barra grande, onde o por do sol é a oitava maravilha do mundo!

Península de Maraú - Bahia

Areias claras, água morna, tudo pronto para sensações perfeitas.

Península de Maraú - Bahia

E aquele lembrete para que não se esqueça: Não tire nada além de fotos! No dia seguinte fomos para Taipu de Fora, onde o tempo não ajudou muito. Caso contrário, teríamos visto as piscinas naturais. Fiquei atrás das cabanas.

Península de Maraú - Bahia
Península de Maraú - Bahia

Quando sai, foi para conhecer alguns surfistas da região. Mas ainda to no surf de areia, se é que me entendem! Rs.

Península de Maraú - Bahia

Acima está a praia de Jorge Leite, a menos movimentada que as de Barra Grande.

A medida de conhecimento, a Peninsula de Marau também abrange Três Coqueiros - Bombaça, Cassange, do Farol, Saquaíra, Arandi- Algodões, Taipu de Dentro, Campinho, Aibim, Piraganga e as Praias de Itacaré.

A próxima viagem vocês vão se apaixonar. Só aguardem. Tem spoiler no instagram @juliamodelodemodelo!

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Acho que foi a viagem mais cansativa e rápida que já fiz. Pensem em 21 horas de ônibus, ida e volta, com permanência de apenas 1 dia? No máximo 2. Estava tão desorientada que esqueci de contar. Saí à noite, cheguei à tarde, vasculhei a cidade e o máximo que encontrei foram hosteis de frente para a rodoviária: meu melhor presente.

As pessoas estavam o tempo inteiro reclamando do calor. Realmente, parece que faz sol até de noite e parece que o segundo sol chegou. Cássia Eller deve ter pensado no Piauí enquanto cantava.

Me disseram que não tinha muita coisa pra conhecer, mas eu, claro, fui buscar e consegui algumas. 

Teresina - Piauí

Essa é a passarela que liga os hosteis a rodoviária.

Teresina - Piauí

Essa é a praça que fica no meio dos dois.

Teresina - Piauí

Tem esse lugar que, segundo o localizador era o parque Frei Serafim, ao lado de um dos shoppings de lá (os quais não são muito grandes). Fiquei triste apesar da linguagem corporal não parecer. O redor estava muito sujo.

Teresina - Piauí

Essa paisagem faz parte do Parque Lagoa do Norte e essa também:

Teresina - Piauí

Que fica muito incrível em fotos.

Teresina - Piauí

Este é o Parque da Cidadania, que encontrei fechado justamente porque não sabia que ele abre de 6h às 10h e só retorna depois, das 16h às 22h. Opa, sorte não é comigo!!!

Teresina - Piauí

Não posso deixar de falar sobre o Encontro dos Rios. Tudo o que você quer é se banhar num calor do nível que eu me encontrei, porém, não deu muito certo por causa de um restaurante que fica por lá. Me deram informações erradas e saí de lá sem ter dado um mergulho e sem ter comido nada. Mas, não vou explicar a polêmica aqui para não render, rs.

Teresina - Piauí

Estão vendo esse por do sol? Olhem os raios lá atrás! No meio da foto dá pra ver o Albertão, estádio de futebol de lá.

Indico que também visitem a Ponte Estaiada. Eu fui, mas não tenho fotos. Tanto de dia quanto de noite é recomendável. A vista da igreja de São Bento também é bonita.

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Não tinha como sair do RJ sem conhecer esse lugar que também é conhecido como o Caribe Brasileiro. Pra começar, gostei, foi divertido, porém, não foi EXTRAordinário como vendem. Por isso vou vender o que meus olhos viram, o que meu corpo sentiu. Não quer dizer que assim é que realmente é. Pensem por esse ângulo.

Do RJ capital pra lá, dá mais ou menos 3h de viagem.

Foto 1: Uma salineira no caminho, que é o lugar onde produz sal (claro). Risos.
Foto 2: Pontal. Não descemos para ver.
Foto 3: Pausa para mergulho em uma das praias mais paradisíacas da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Pensa numa água gelada. Pensou? Triplica e ainda não dá essa acertou!
Foto 4: Alimentando gaivotas com pão! Essa é uma das partes mais divertidas da viagem..

Arraial do Cabo RJ

Arraial do Cabo RJ

Arraial do Cabo RJ

Arraial do Cabo RJ

Foto 5: Pedra do Macaco. Ponto turístico de lá.
Foto 6: Gruta azul.

Arraial do Cabo RJ

Arraial do Cabo RJ

Foto 7: Praia do Farol, sob a proteção da marinha. A fiscalização é forte. As águas do transparente até o azul marinho.Você não pode acessá-la com coisas como, comida. Não pode tirar fotos em certos lugares ultrapassando a faixa... Tudo isso podendo chegar até 5 milhões de multa.

Foto 8: Praia do Forno: Com águas mais esverdeadas.

Arraial do Cabo RJ

Arraial do Cabo RJ

Foto 9: Voltando, pelo mesmo caminho que fomos, encontramos a Fenda. Nela, os casais que se beijam, ficam juntos para sempre, diz uma história que eles contam aos turistas. Os casais que querem se separar arrumam desculpas e vão ao banheiro nessa hora. Rs.

Arraial do Cabo RJ

Foto 10 e 11: Perdi meus arquivos do celular e pra melhorar esqueci o nome desses dois lugares, que ficam na mesma praia. Foi nossa última parada. A última parece demais com a Enseada do amor, também em Arraial.

Arraial do Cabo RJ

Arraial do Cabo

Alguém aqui tem vontade de conhecer esses pontos? Não esqueçam de curtir a música que tocar no barco. A viagem fica muito mais divertida com o som da natureza misturado com ritmos!!!

sábado, 7 de setembro de 2019

AGORA QUE AS CURTIDAS ACABARAM, O QUE VALE? E interação mais do que nunca, então a primeira regrinha é:

1 - Responda comentários nas fotos de outras pessoas.
De preferência com um público parecido com o seu, para gerar um ambiente de amor/especial onde todos conversam.

2 - Um simples "Olá" no direct. Ou um "bem vindx" - que é o que eu faço.
É trabalhoso, mas faz toda a diferença.

3 - Curtir e comentar novos perfis.
Separe pelo menos uma hora por dia para fazer isso. Normalmente, isso gera no outro a vontade de retribuir a sua gentileza, ou pelo menos curiosidade em saber quem é você e porque visitou a página dele. Se não tiver tempo num dia, compense no outro.

Dicas para ter mais seguidores no instagram (parte 3)


4 - Entre no perfil dessas pessoas.
Em forma de retribuição, acompanhe o que ela tem postado também.

5 - Colabs.
Vem de colaboração/ parceria. Você pode fazer em formato de stories vamos nessa! Você divulga um seguidor e ele te divulga de volta. Se vocês tiverem em média a mesma quantidade de seguidores, isso ajuda. Pois, a quantidade pode ser parecida, mas o público diversifica.

Hoje a mensagem foi (caja)dada gospel! Você passa mais tempo lendo a bíblia ou rolando as informações no insta? Reflita e até a próxima!

sábado, 3 de agosto de 2019

Babys, como prometi na postagem anterior, mostrarei mais sobre o Jardim Botânico. Ele tem mais atrações do que eu imaginava! Até o guia ficou surpreso quando citei os lugares de visitação e expliquei o porquê fiquei duas horas perdida lá, rs.

Detalhe: abri mão de fazer outros roteiros por causa desse deslumbramento. Mas, valeu a pena! Já mostrei os lugares que dá para apreciar grátis:
1. o Museu do Meio Ambiente;
2. o lago das tartarugas;
3. o centro de visitantes;
4. a Torre eólica;
5. a escultura La Danse;
6. o Teatro Tom Jobim por fora.

Também dá para conhecer a Antiga Residência Pacheco Leão, que deixei para citar agora!

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

E o relógio solar:

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

Após passar pela bilheteria, o ingresso é 15 reais inteira e 7,50 meia. Dá para ver a fruta Abricó de Macaco em muitas árvores.

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

Próximo, vemos árvores gigantes como a Subaúma, também conhecida como árvore Tom Jobim, porque o inspirou em algumas criações.

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

A paisagem seguinte foi o que me motivou a conhecer o Jardim: A Palmeira Imperial ou Palmeira Real. Que mede até 50m de altura e foi uma das primeiras plantas trazidas do Jardim Gabrielle, na Guiana Francesa.

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

O famoso Chafariz das Musas, com uma musa na frente. Rs. Originalmente instalado na Lapa até com a reformulação do Passeio Público ser instalado no jardim.

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

Ao lado esquerdo dele, tem a Alameda Jardim Botânico.

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

A seguir, o Jardim Japonês, que tem mais de 65 espécies de plantas vindas do Japão. 

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

Aqui é o Cômoro Frei Leandro, de frente para o Lago Frei Leandro, com lindas vitórias régias. Ele foi o primeiro diretor botânico do Jardim.

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

Andando, encontramos árvore do viajante, Museu sítio Arqueológico Casa dos Pilões, a estátua do Jardim mexicano, Meliponário (criação de abelhas), que não fotografei... Depois, o bromeliário, que fica em frente ao Orquedário, onde tirei uma foto:

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

Tem outra dessa no instagram, caso queiram conferir é só clicar. Este ângulo pega o lago, onde várias pessoas jogam moedas.

No passeio também daria para ver o Ipê Roxo, Coleção de plantas medicinais, Ruínas da antiga fábrica da pólvora, Estufa, Roseiral Pedro Cachimbo, Recanto das mangueiras, Jardim bíblico, o ateliê Mestre Valentim, mas estes não fotografei. Para ser sincera, o Jardim é muito grande. EU ME PERDI NESSA PARTE. Hahaha. Para encontrar todos estes é ideal que se passe pela Região amazônica, que toma uma boa parte do Jardim.

Encerro este tour recomendando um mapa que tem para te situar por lá. Ele existe fixo e em papel, você recebe logo na entrada. Para fechar com chave de ouro, lhes apresento:

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

O Portal da Antiga Academia de Belas Artes, considerada a primeira obra neoclássica do Brasil.
E por falar em arte, conheci uma frase no blog da minha seguidora Nidja que me inspirou demais, de Josie Conti, que diz: "A arte se expressa de inúmeras maneiras. Enquanto algumas nos emprestam palavras, outras são capazes de nos calar."
Até a próxima!!!