Quem escreve

Quem escreve
Júlia Evelyn. Soteropolitana. Envol(vida) com o que me dá vida. Me encontro em viagens, moda, arte e beleza. Onde também me permito me perder.

Acessos

Instagram:

Principais temas

E-mail

juliamodelodemodelo@outlook.com
Tecnologia do Blogger.

Meus pupilos

domingo, 29 de março de 2020

Tem mais de um Balneário em Santa Catarina (SC), por isso é importante especificar que falarei sobre Balneário Camburiú.

O primeiro lugar que conheci foi a rodoviária, depois o hostel (que postei sobre aqui) e na sequência, a parte norte, central e sul, principalmente as praias. Vou começar mostrando o deck pontal norte, que foi a vista mais linda que eu vi, com chuva e com estiagem. Seguindo esse caminho de madeira, vai dar na Prainha, depois na praia do buraco. Nessa última, tem uma trilha para chegar no Morro de Careca, que eu só não fui, porque fecharam as entradas, devido ao início de casos do Corona Vírus na cidade.

O que eu conheci em Balneario
Deck Pontal Norte

Se vocês quiserem conhecer a Prainha, tem uma foto minha lá (aqui no insta)!

O que eu conheci em Balneario
Praia do buraco

Na parte central, temos o Cristo Luz, que aparece ao fundo desta imagem a seguir.

O que eu conheci em Balneario - SC

Temos a Praça Higino João Pio, com um espaço ótimo para passar com os pets.

O que eu conheci em Balneario - SC

Inclusive tem o Dog Park, um canto só pros cachorrinhos, que eu amei.

O que eu conheci em Balneario - SC

E a praia central, que é logo em frente.


Onde paguei meu pior mico do ano até agora.
Se você quiser saber qual foi, eu conto (aqui).

O que eu conheci em Balneario - SC
Passarela Estaiada da Barra

Na parte sul temos a passarela (acima) e o Molhe Barra sul (abaixo).

O que eu conheci em Balneario - SC

Próximo de lá tem o parque Unipraias, que é de onde sai o bondinho, que liga um canto da cidade ao outro. Restaurantes, posto de saúde, farmácia, mercado, praias de areia branca, barco pirata e atracadouros.

No mais, sabe o que ficou marcado? Encontrar diversos tipos de flores nas calçadas....

O que eu conheci em Balneario - SC

Por isso é assim que eu termino minha postagem de hoje.

terça-feira, 24 de março de 2020

Foi exatamente como está o título que eu fiz minha pesquisa. Tive uma lista de opções, mas o lugar que mais me atraiu foi um hostel. Fui falar com eles no instagram e... BINGO! Atenciosos, confiáveis e hospitaleiros conforme a forma que responderam, aos comentários dos hóspedes e aos ambientes acolhedores por foto. Segredo revelado: pessoalmente é tudo ainda melhor!

Outro ponto super positivo é que fica há 5 minutos de distância à pé da rodoviária. Quer mais? Fica no centro. E o que isso quer dizer? Perto de mercado, farmácia, praças, PRAIA... (Não se preocupem, que eu trarei imagens concretas dos pontos turísticos que conheci).

Com vocês... Bonabrigo Hostel!!!

Balneário Camburiú - onde ficar

Ao chegar, já dá pra perceber vários cômodos.

Balneário Camburiú - onde ficar

Logo na entrada, mesa e cadeiras para confraternizar, devido à opção de poder pedir algo para beber e comer por lá.

Balneário Camburiú - onde ficar

Um dos meus ambientes preferidos foi o deck. Lá eu refleti, malhei, gravei cenas de um vídeo que breve divulgarei pra vocês e é onde dá pra ver o céu perfeitamente.

Balneário Camburiú - onde ficar

O ambiente que eu mais passei tempo foi o quarto. Cada um tem o nome de um continente e é ocupado por beliches com gavetas equivalentes ao número da reserva da pessoa. Na hora de dormir, as cortinas devem ser fechadas, para manter a privacidade de forma aconchegantes.

Balneário Camburiú - onde ficar

Ainda tem a cozinha e a sala (que vocês podem encontrar imagens quase poéticas no meu instagram), mas para encerrar esse post com chave de ouro, somente através do registro da minha varandinha. Quando forem à Balneário, já saberão onde ficar! @bonabrigohostel.

terça-feira, 3 de março de 2020

O segundo livro do ano, lido no mês de fevereiro foi O Príncipe, de Nicolau Maquiavel. Parabéns a quem acertou na postagem anterior! Ele foi escrito em 1513, fala de política e suas teorias. Sobre influência, formas de conduzir os negócios e como conquistar e manter um principado. É praticamente um guia para como conquistar o poder e continuar com ele.

Eu tinha ouvido falar muito bem dele, e apesar de não gostar de ler sobre política, o que me levou até ele foi a curiosidade e talvez o acaso. Passando por uma praça em Itacaré-Bahia, achei uma geladeira de livros e lá estava ele, à minha espera. Agora que a leitura foi feita, vou fazer o mesmo, deixá-lo disponível para doação. Para quem quiser comprar, ele está disponível em diferentes capas:

O Príncipe, Nicolau Maquiavel

Tenho a mania de separar citações, então, aí vão as minhas preferidas!

"Aquele, pois, que abandona o que se faz pelo que se deveria fazer, induzirá a própria ruína em vez de sua preservação. Ou como resumiu Mazzeo: não é a intenção que valida um ato, mas seu resultado."

"O mal é apenas o bem que não soube, ou não quis, cumprir as suas promessas."

"O príncipe deve evitar as coisas que o façam ser odiado ou desprezado; quando conseguir isso, terá cumprido com sua parte, e os outros defeitos não o farão correr perigo."

"O ódio pode ser adquirido tanto pelas boas obras como pelas más."

"Os príncipes devem, portanto, aconselhar-se sempre - mas só quando o quiserem, e não quando outros o queiram."

"Não convém carregar o peso de outrem."

"Quando encontram o bem estar no presente, limitam-se a gozá-lo."

"Melhor ser temido do que amado."

Considerações finais: não é o meu estilo de livro e muitas vezes eu senti vontade de passar logo as páginas sem sequer ler, para acabar logo. Espero que com vocês não seja assim. E aí, gostaram? Leriam?

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Amores, leitores, galera culta que eu amo e profissionais com certeza excelentes, hoje o papo é só nosso. Antes de mais nada, quero LANÇAR UM DESAFIO! 

Vocês topam ler 1 livro por mês?

Estou bem louca em propôr isso, porque estou naqueles momentos em que NADA me motiva a ler. Sabem como é? Mas...
Comecei o desafio com esse livro em janeiro, que é para aqueles que querem se desenvolver cada vez mais no campo profissional. Se vocês querem ser números 10 (como o principal no futebol) na carreira, continuem lendo. Separei citações incríveis e muito sábias.

Livro: O profissional dez

"A excelência jamais é um acidente." (Jackson Brown)

"O profissional dez tem um conjunto mínimo de qualidades. Esse perfil básico requer que ele seja trabalhador, honesto, persistente, organizado e criativo."

"Como diz o adágio: "se quiser subir uma longa escada, não olhe para ela, mas apenas para cada degrau"."

"Não devemos nos orgulhar de ser melhores do que os outros e sim melhores do que já fomos." (James C. Hunter)

"Somos o que repetidamente fazemos; a excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito." (Aristóteles)

"A ação com energia cura o medo."

"Você pode recusar-se a assumir compromissos que não vai poder cumprir, mas jamais pode deixar de cumprir o que assumiu."

"A sua aparência forma nas pessoas, uma maneira inconsciente, uma opinião a seu respeito e isso determinará a atitude delas para com você."

"É comum pessoas contribuírem com dízimos para igrejas e outras entidades, mas raras são as que estabelecem um dízimo para suas próprias reservas. (...) O profissional precisa desenvolver a "inteligência financeira para fazer o dinheiro trabalhar para ele e não ele trabalhar para o dinheiro"."

"Apontar problemas da organização em que se trabalha pode ser positivo se junto se apresentarem ideias novas e soluções."

"Ser excelente onde você está é o melhor caminho para chegar aonde você quer." (Luiz Pachoal)

"O que eu ouço, esqueço; o que eu vejo, lembro; o que eu faço, aprendo." (Confúcio)

"O melhor discurso é a ação." (Benjamim Shield)

"Você não ganhará R$20.000,00 por mês assim que sair da escola. Você não será vice-presidente de uma empresa nem terá carro e telefone à disposição antes que tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone." (Bill Gates)

No final do livro tem umas perguntas de autoavaliação levando em conta cada capítulo, o que é bem legal para identificar pontos a continuar e a melhorar. Agora em fevereiro estou lendo um livro de MAQUIAVEL. Alguém se arrisca a dizer qual?

sábado, 28 de dezembro de 2019

Viajantes, onde quer que estejam, recebam meu bom dia, boa tarde ou boa noite. Como foram de Natal? Eu passei da melhor forma: em boas companhias e comendo. Rs.

Vim mostrar a vocês um pouco mais da minha viagem para Mucugê, na Chapada Diamantina. Desta vez teremos a Cachoeira das Andorinhas, que fica no Circuito das sete quedas, Restaurante da Dona Nena e Cachoeira da Moça Loira.

Na trilha para a primeira cachoeira, vimos cavernas na visão de dentro e de fora. A sensação foi de ter me teletransportado para outro momento, da caça dos bichos, da refeição logo após e da fuga das onças.

Cachoeira das Andorinhas, Moça Loira e Dona Nena

Abaixo, foi aproveitando a Cachoeira das Andorinhas e um dos seus melhores ambientes para banho. Parece que a água está batendo bem pouca, mas na verdade está fortíssima! Do lado direito também tem um lugar ótimo, com uma escadinha sinalizada para que você possa subir e aproveitar a cascata.

Cachoeira das Andorinhas, Moça Loira e Dona Nena

A água é bem gelada, porém, no dia que fui tinha uma pocinha, que foi meu refúgio. De lá poderíamos seguir para a Cachoeira das sete quedas ou dos funis, que são próximas. Porém, optamos por menos esforço físico. Paramos para almoçar e seguiríamos depois para uma cachoeira mais próxima.

Cachoeira das Andorinhas, Moça Loira e Dona Nena

O almoço foi no Restaurante da Dona Nena, que fica em sua própria casa. Parece uma pousada grande e acolhedora. Fui recebida por ela com um abraço, o que já me derreteu inteira. Saímos de lá (eu, o guia e o casal que estava conosco) de barriga e coração cheios!

Cachoeira das Andorinhas, Moça Loira e Dona Nena

Para a Cachoeira Moça Loira foram apenas 5 minutos de trilha. Não podia deixar de conhecer porque uma Moça Loira precisa da outra, rs. Como podem ver na imagem acima, essa hora, por das das quinze já está totalmente sombra. É gelada, mas é aconchegante.

Cachoeira das Andorinhas, Moça Loira e Dona Nena

No mesmo lugar, só que virada para o outro lado, olhem que vista! Paz e plenitude definem. E assim encerro a postagem e o ano desejando que 2020 nos traga muitas viagens!!!

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Adoro trilhar e dessa vez foi com os Andarilhos da Chapada.

Começamos atravessando o Rio Mucugezinho (foto 1) de carro e do estacionamento seguimos à pé. Antes o guia deixa claro que não é permitido nudismo, fumo, som, pesca, caça, bebidas alcoólicas, nem animais domésticos. 

Foto 2- Esse é o Rio Espalhado, a junção de três outros rios: Riachão, Jiboia e Mucugezinho. Logo mais, o próprio Espalhado irá formar a Cachoeira do Buracão. 

Foto 3 é a Cachoeira do Buraquinho e em seguida os belos cactos que encontrei no caminho.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão
Foto 1

Ibicoara - Cachoeira do Buracão
Foto 2

Ibicoara - Cachoeira do Buracão
Foto 3
Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Na foto seguinte, a Cachoeira das Orquídeas, que tem 2 partes e é uma delícia para banho na parte de cima.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Logo mais, uma escada no estilo Santos Dumont, onde você pisa com um pé de cada vez.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Descendo mais alguns degraus, nos deparamos com a linda Cachoeira Recanto Verde!

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

Bem pertinho, ficam os cânions que levam a Cachoeira do Buracão.

Ibicoara - Cachoeira do Buracão

É lá no final do cânion onde está a cachoeira. Temos que nadar/flutuar (obrigatoriamente com colete) contra a corrente para contemplar os 85 m de queda d'água. É tão forte que respinga em quem está no cânion, impedindo de tirar foto. É arrebatador!!! Incrível! Todo mundo precisa visitar (apesar do cansaço) uma vez na vida.

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Vocês já conhecem a Chapada Diamantina? O que não falta por lá é lugar bonito pra conhecer. Aqui no blog já tem alguns registros de lugares que visitei por lá. Caso queiram olhar, basta clicar no nome: Capão 1, Um pouco mais do CapãoLençóis e Pratinha

De Salvador pra Mucugê levei entre 8h e 9h de viagem. Puxado, porém, vale a pena. Chegando no fim de tarde ainda deu para conhecer...

1. A praça dos garimpeiros

City Tour por Mucugê

2. O museu e arquivo público

City Tour por Mucugê

3. A praça principal onde tem as casinhas e estabelecimentos bem padrão, cada um com uma cor

City Tour por Mucugê

4. O cemitério Santa Isabel, também conhecido como Bizantino (por esse ser seu estilo)

City Tour por Mucugê

E PARA DESCANSAR, ONDE SE HOSPEDAR?

City Tour por Mucugê

Eu fiquei na Hospedaria Casa da Lia, bem confortável, quentinho e ao lado do Cidade Sol, que é a empresa de ônibus que me levou. Já que os ônibus deles saem de Mucugê pra Salvador todos os dias às 4h30 da manhã, ficou bem acessível.

City Tour por Mucugê

Amo tudo o que é simples e afetuoso e foi assim. Lia me acolheu, preparou meu quarto, meu café da manhã e até jantar me ofereceu... Fiquei encantada. Então, se forem pra Mucugê, já sabem! Procurem ela.

NO DIA SEGUINTE...
QUAL A TRILHA MAIS PRÓXIMA?

City Tour por Mucugê

Pelo menos me orientaram que, saindo da cidade, indo a pé, essa era a mais próxima. A do museu do garimpo, que antes era a casa do diamante. Turista/visitante paga 10,00 para conhecer e nativo não paga nada.

Logo após você pega a estrada e segue para o Parque municipal de Mucugê, onde tem o Projeto Sempre viva, que cobra 20,00 para visitantes e também isenta a entrada de nativos. Não vi nada de interessante por lá!

Há 3 minutos de lá tem a Cachoeira da Piabinha que chamaram de sem graça e disseram que eu não iria gostar, mas que, para a surpresa de todos foi a minha preferida!!! Ela tem 2 ambientes...

City Tour por Mucugê
1
City Tour por Mucugê
2

A água é quente, quase não tinham pessoas mergulhando e eu amei tanto a primeira quanto a segunda vista! Saindo de lá tem a cachoeira do Tiburtino, de água hiper gelada e com muitas pessoas. 

City Tour por Mucugê

Ainda tem outras cachoeiras que fiz e que vou contar pra vocês!!! Até a próxima, seguiMores!

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Meus viajantes lindos,
Hoje vamos conhecer Barra Grande, Ponta de Mutá, Taipú de Fora e Jorge Leite. Tudo numa postagem só, estão preparados?

Primeiro gostaria de agradecer a Mariana Padilha e família a receptividade e o carinho. Foram poucos e bons dias!

Começo saindo de Salvador para o ferry boat, de lá para Camamu e de Camamu para Barra Grande. Caminhando um pouco já dá em ponta de mutá, onde a primeira foto foi tirada.

Península de Maraú - Bahia

Esperando mais alguns minutos, o sol desce e a câmera se vira para barra grande, onde o por do sol é a oitava maravilha do mundo!

Península de Maraú - Bahia

Areias claras, água morna, tudo pronto para sensações perfeitas.

Península de Maraú - Bahia

E aquele lembrete para que não se esqueça: Não tire nada além de fotos! No dia seguinte fomos para Taipu de Fora, onde o tempo não ajudou muito. Caso contrário, teríamos visto as piscinas naturais. Fiquei atrás das cabanas.

Península de Maraú - Bahia
Península de Maraú - Bahia

Quando sai, foi para conhecer alguns surfistas da região. Mas ainda to no surf de areia, se é que me entendem! Rs.

Península de Maraú - Bahia

Acima está a praia de Jorge Leite, a menos movimentada que as de Barra Grande.

A medida de conhecimento, a Peninsula de Marau também abrange Três Coqueiros - Bombaça, Cassange, do Farol, Saquaíra, Arandi- Algodões, Taipu de Dentro, Campinho, Aibim, Piraganga e as Praias de Itacaré.

A próxima viagem vocês vão se apaixonar. Só aguardem. Tem spoiler no instagram @juliamodelodemodelo!