Quem escreve

Quem escreve
Júlia Evelyn. Soteropolitana. Envol(vida) com o que me dá vida. Me encontro em moda, arte e beleza. Onde também me permito me perder.

Acessos

Seguidores

Postagens do blog

Postagens mais visitadas

Tecnologia do Blogger.
quarta-feira, 16 de março de 2011

As palavras com freqüência causam desentendimento, bate-bocas..
Pense um pouco: Você chega numa banca de jornal, paga, e nenhuma palavra e necessária. Num restaurante é possível fazer o pedido apenas apontando para o cardápio. Os filmes seriam mudos, como já foram, e as pessoas entenderiam, como já entenderam. Um olhar é suficiente para mostrar qualquer emoção!
Um mundo silencioso seria mais verdadeiro , mas talvez impossível já que as palavras foram inventadas para esconder os pensamentos.

3 Comentaram:

Tali Lorena disse...

Poies é, calra é ouro, diz o velho ditado.... Muitas vezes vou abrir a boca e respiro, penso e chego a conclusão que o silencio é a melhor resposta... é muito dificil controlar, mas não impossivel né...

bejokinhas
Tali
http://www.blogelegance.com/

Vida de Garota disse...

Realmente, nem sempre as palavras são necessárias.
Eu faço como a Tali aê em cima: Sempre que estou a ponto de falar, acabo pensando antes, e não falo nada. Assim muitas das vezes é bem melhor!

Beeijos; @LayllaAlves

http://vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com/

Gabi Soares disse...

Muitas vezes é melhor se calar do que acabar falando palavras soltas e magoar alguém.. é impossível voltar atrás.

Está rolando sorteio no blog, e te convido à participar.
Beeeijo!

http://gabisoaress.blogspot.com